DIVULGA CIÊNCIA

Valorizando os periódicos brasileiros através da divulgação científica

Divulga Leitura – Entre o Sertão e a Zona da Mata

joao cabral melo neto

Hoje começaremos uma nova seção que reunirá artigos, resumos e resenhas com análises de leitura. A estreia será com um artigo da nova edição da “Revista Crioula”, publicação da FFLCH-USP voltada para a área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa.

O texto Entre o Sertão e a Zona da Mata: humanização e desumanização em dois poemas de João Cabral de Melo Neto discute semelhanças que vão além da autoria, mas também na humanização das paisagens (mesmo que diferentes), desumanização dos habitantes locais e nuances de fusão entre ambos, como visto nos trechos:

“Na paisagem do rio
difícil é saber
onde começa o rio;
onde a lama
começa do rio;
onde a terra
começa da lama;
onde o homem,
onde a pele
começa da lama;
onde começa o homem
naquele homem”


Resenha: Entre o Sertão e a Zona da Mata: humanização e desumanização em dois poemas de João Cabral de Melo Neto
Autor: Maria Nilda de Carvalho Mota
Revista: Revista Crioula (USP) 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 29 de janeiro de 2015 por em Divulga Leitura e marcado , , , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: