DIVULGA CIÊNCIA

Valorizando os periódicos brasileiros através da divulgação científica

Divulga Leitura – Revolução Americana e história

revolucao americana

A tela retrata George Washington, um dos principais líderes da Revolução Americana, cruzando o rio Delaware, durante a Batalha de Trenton. Batizada como “Washington Crossing the Delaware”, é de autoria de Emanuel Gottlieb Leutze, e foi pintada em 1851.

Saindo do forno! O Divulga Ciência separou como sugestão de leitura uma resenha publicada na mais nova edição da Revista de História da Universidade de São Paulo (n. 172, 2015).

Trata-se de uma análise do livro A Revolução Americana, do historiador norte-americano Gordon Wood, vencedor do prêmio Pulitzer de 1993. Definida como um “exemplo da importância dos livros de divulgação científica para difusão do conhecimento histórico”, a obra aborda as origens da revolução nos Estudos Unidos, que culminou em sua independência em relação à Inglaterra, em 1776.

Com linguagem acessível ao público não especializado e capítulos dispostos cronologicamente, o autor analisa os efeitos que a Revolução Americana produziu na vida cotidiana daquela sociedade.

O grande mérito do livro, segundo a resenha, “é o de retratar o debate de questões intelectuais e políticas em um processo que teve, e ainda tem, amplas repercussões no debate político contemporâneo”.

Sobre a guerra de independência, a obra discorre a respeito dos diversos fatores que levaram à derrota da Grã-Bretanha como, por exemplo, “os obstáculos decorrentes da grande extensão territorial e da natureza selvagem das colônias, o apoio dos franceses e a liderança militar de George Washington”.

A parte mais esclarecedora dessa discussão, de acordo com o texto, é a conclusão de que a Declaração de Independência, por representar um compromisso entre as treze colônias, significava que o termo Estados Unidos tinha um sentido literal naquele momento em que o conceito de nação estava relacionado às identidades regionais

“Trata-se, portanto, de leitura introdutória importante para compreensão não apenas da sociedade americana da época da independência, mas também da emergência das estruturas políticas, administrativas e mentais contemporâneas”, concluiu a resenha.

Artigo: Resenha do livro “A revolução americana”
Autora: Fernanda Cláudia Pandolf
Revista: Revista de História (USP)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 16 de abril de 2015 por em Divulga Leitura e marcado , , , , , , , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: