DIVULGA CIÊNCIA

Valorizando os periódicos brasileiros através da divulgação científica

Divulga Cientista – Carmen Portinho

carmen portinho

Crédito: Canal Ciência/IBICT

O Divulga Ciência homenageia hoje na seção Divulga Cientista, a engenheira e urbanista Carmen Portinho, um dos grandes nomes na área de estudos de habitação popular no país, e a primeira mulher no Brasil a obter o título de urbanista, pela Universidade do Distrito Federal no ano de 1939 — na época, o Rio de Janeiro era a capital nacional.

Nascida em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, em 26 de janeiro de 1903, teve uma carreira marcada pelo pioneirismo: Portinho trouxe ao Brasil o conceito de habitação popular depois de estagiar na Inglaterra durante a reconstrução do país no pós-Segunda Guerra Mundial. Além disso, foi a terceira mulher a se formar em Engenharia Civil na Escola Politécnica da Universidade do Brasil (atual UFRJ).

Na década de 1950, propôs ao prefeito do Rio de Janeiro da época, a criação de um Departamento de Habitação Popular, sendo nomeada diretora do novo departamento. Nele, ela sugeriu e construiu, o conjunto residencial Pedregulho, em São Cristóvão, zona norte da capital fluminense. Em 1966, foi convidada pelo então governador do RJ, Negrão de Lima, para ser diretora da Escola Superior de Desenho Industrial (Esdi) a primeira escola de desenho industrial da América Latina. Por duas décadas, Portinho dirigiu a escola.

Era também engajada no meio artístico e político: como diretora do Museu de Arte Moderna (MAM), lutou pela renovação da estética da arte, sendo responsável pelas primeiras exposições de vanguarda no Rio de Janeiro. Na política, defendeu os estudantes durante a Ditadura Militar e participou ativamente do movimento feminista — foi fundadora, junto com Bertha Lutz, da União Universitária Feminina, que reunia algumas das primeiras mulheres do país que concluíam estudos universitários.

Carmen morreu, aos 96 anos, no dia 25 de julho de 2001, no Rio de Janeiro.

O Divulga separou um artigo publicado na Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais (vol. 9, n. 1, 2007) dedicado à carreira de Portinho. O estudo Carmen Portinho e o habitar moderno: teoria e trajetória de uma urbanista analisou sua trajetória profissional e sua luta pela implementação de um programa de habitação popular na cidade do Rio de Janeiro.

Artigo: Carmen Portinho e o habitar moderno: teoria e trajetória de uma urbanista
Autora: Flávia Brito do Nascimento
Revista: Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e regional)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 8 de junho de 2015 por em Divulga Cientista e marcado , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: