DIVULGA CIÊNCIA

Valorizando os periódicos brasileiros através da divulgação científica

Ranking revistas científicas USP com mais downloads em 2015

Screen Shot 2015-12-31 at 12.20.22 AM

Em 2015, as 143 revistas científicas do Portal de Periódicos da Universidade de São Paulo (USP) superaram 9 milhões de downloads. Apresentamos aqui as 10 revistas cujos artigos foram mais “baixados” em 2015.

Screen Shot 2015-12-30 at 9.59.53 PM

As dez revistas da USP juntas somam 39,7% de todos os downloads que as publicações indexadas no Portal de Periódicos receberam em 2015.

Seguindo a tendência do ranking da Biblioteca Eletrônica Científica Virtual (SciELO) e as características da área, as revistas de saúde dominam o número de downloads.

A primeira delas é a Revista de Medicina da centenária Faculdade de Medicina, feita tradicionalmente por alunos e que em 2016 prepara uma série de dossiês comemorativos do seu aniversário de cem anos. A revista sozinha soma 7% de todos os downloads recebidos no Portal de Periódicos da USP, indicando que seus artigos que tratam de aspectos gerais sobre medicina são provavelmente bastante usados na formação acadêmica dos futuros médicos, como se propõe a revista.

Se destacam também a histórica Revista da Faculdade de Direito, USP em segundo lugar do ranking, publicada desde 1893, e a Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, em sétimo lugar, que passa a ser publicada integralmente em inglês a partir de 2016.

Dentre as 10 mais, seis delas estão indexadas no SciELO, das quais três delas – Saúde & Sociedade, Revista de Saúde Pública e Revista da Escola de Enfermagem da USP – estão também no prestigioso  Thomson Reuters, indexador que reúne revistas científicas internacionais.

A maioria das publicações já publica artigos em três línguas (inglês e espanhol, além do português) seja com artigos nas três versões ou com artigos em uma das três línguas, o que garante um maior alcance e visibilidade no exterior, caminho que tem sido incentivado nas políticas editoriais do SciELO, que acabam influenciando também as revistas que não fazem parte deste indexador de acesso aberto.

Interessante notar que neste ranking não está presente justamente a primeira em número de acessos no SciELO, a revista Estudos Avançados, publicada pela USP, o que indica que os acessos à publicação se dão sobretudo via SciELO.

Os rankings divulgados pelo nosso blog não querem sugerir que uma publicação é melhor que a outra, mas sim mostrar que as revistas científicas brasileiras tem sido bastante acessadas, lidas e, portanto, contribuem para a formação de estudantes, pesquisadores e para a construção do conhecimento científico.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 31 de dezembro de 2015 por em Divulga Ciência.
%d blogueiros gostam disto: