DIVULGA CIÊNCIA

Valorizando os periódicos brasileiros através da divulgação científica

Divulga Cientista – Thaisa Stochi Bergmann

Crédito: Divulgação/L'Oréal

Crédito: Divulgação/L’Oréal

O prêmio For Women in Science, realizado anualmente pela Unesco e pela Fundação L’Oréal, oferece bolsa de US$ 100 mil a cinco cientistas mulheres de cada continente. A representante da América Latina neste ano de 2015 é a brasileira Thaisa Storchi Bergmann, astrofísica, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Segundo reportagem da revista Galileu, a “brasileira ficou conhecida por sua pesquisa na área dos buracos negros supermassivos — enquanto um buraco negro comum tem cerca de dez vezes a massa do Sol, os supermassivos podem ter bilhões de massas solares. Só é possível observar buracos negros pela matéria que eles engolem: quando uma estrela é sugada, ela libera radiação que pode ser vista da Terra”.

Gaúcha nascida em Caxias do Sul, em 19 de dezembro de 1955, a astrônoma se graduou em Física pela UFRGS, em 1977. Seu mestrado, também em Física, foi concluído em 1980 na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; e seu doutorado em 1987 também na UFRGS — além de pós-doutorado na Universidade de Maryland, nos EUS, em 1991, no Instituto do Telescópio Espacial, e estágio sênior no Rochester Institute of Technology, também na América do Norte, em 2005.

Membro titular da Academia Brasileira de Ciências, desde 2009, atualmente é professora associada do Instituto de Física da UFRGS, e chefe do Grupo de Pesquisa em Astrofísica. Também presta assessoria científica à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo FAPESP, CAPES, CNPq e revistas científicas Astrophysical Journal, Astronomical Journal, Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, Astronomy e Astrophysics, Ciência Hoje e Revista da FAPESP.

Em 2004, Bergmann foi incluída pela revista Veja no grupo de doze pesquisadores brasileiros mais citados em publicações internacionais (1674 citações na época e mais de 3000 atualmente segundo o banco de dados Astrophysics Data System).

Três anos depois foi incluída no livro Mulheres do Brasil, editado pela Dow Química, e, em junho de 2009, no livro Vidas a Descobrir – Mulheres Cientistas do Mundo Lusófono da Associação Viver a Ciência, de Portugal.

O Divulga Ciência parabeniza a cientista por sua obra e por seu reconhecimento no mundo da Ciência.

Para saber mais sobre sua carreira, leia reportagem completa da revista Galileu sobre a astrônoma.

E leia também sua tese de doutorado na UFRGS, sobre Astrofisica Extragalatica e Espectroscopia.

Tese: Espectroscopia de núcleos de galáxias com baixa atividade e (NIIi) intenso
Autora: Thaisa Storchi Bergmann

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: